Como trabalhar corretamente a imagem de um clube de futebol

Um clube de futebol vive, essencialmente, da recetividade que a comunidade lhe dedica.

E essa recetividade depende, em grande parte, da imagem que o clube projeta. Assim, um clube de sucesso tem de trabalhar a imagem de forma eficaz, para que dessa forma consiga captar o apoio da comunidade local, regional ou até nacional e internacional. Poderá objetar-se que conseguir bons resultados desportivos é mais importante que cultivar a imagem; no entanto, os resultados desportivos também dependem, pelo menos em parte, da imagem que o clube foi capaz de construir. Assim, apontamos de seguida 8 estratégias que todos os clubes podem seguir para melhorar a sua imagem pública.

1. Cultivar os símbolos do clube

Em todas as ocasiões é necessário promover a divulgação do emblema do clube, acompanhado de um lema, uma imagem “de marca”, associada a uma mensagem forte para os adeptos. É conhecida, por exemplo, a associação de ideias entre clubes e animais ou outro tipo de símbolos que tendem a transmitir uma imagem de força e de poder. Isso é essencial para cativar o apoio do público.

2. Estabelecer um bom relacionamento com a comunicação social

Os órgãos de comunicação social são os veículos de transmissão entre o clube e o público. Eles fazem aquela ponte que determina a imagem que os adeptos criam do clube. Portanto, é fundamental que o clube tenha bons acessos à comunicação social, de preferência dispondo de bons meios próprios, principalmente um canal de televisão e um jornal, bem implantados junto da comunidade. No entanto, é imprescindível um bom relacionamento com a comunicação social nacional.

3. Defender o fair-play

A imagem positiva de um clube passa muito pela correção de comportamentos e pela ética. Os adeptos, em geral, preferem clubes com uma imagem positiva no que respeita à disciplina e às boas práticas de fair-play.

4. Proporcionar um ótimo atendimento aos seus associados

Um bom atendimento aos sócios, assim como uma política de abertura em relação ao exterior são fundamentais para transmitir uma imagem de confiança ao exterior. Assim, o clube deve dispor de lojas, serviços variados e postos de atendimento aos associados, oferecendo-lhes também o acesso à prática desportiva.

5. Apoiar eventos de caráter cívico e causas humanitárias

Os jogos que normalmente se disputa no verão, cuja receita se destina a causas solidárias são também uma oportunidade para valorizar a imagem do clube. A nível mais modesto, é sempre positivo que um clube dinamize ações em prol dos mais necessitados ou de causas cívicas em geral.

6. Promover o clube no estrangeiro

Através da angariação de adeptos mas também no estabelecimento de protocolos com outros clubes e participação em torneios. Os maiores clubes do mundo investem cada vez mais no mercado externo, principalmente com o objetivo de vender artigos de merchandising. Ao participar em torneios, ao fazer digressões, estágios ou outros eventos, o clube está também a “exportar” a sua imagem.

7. Investir forte no departamento de marketing

O departamento de marketing é o responsável direto por todas as iniciativas relacionadas com a imagem do clube. Portanto, o investimento em profissionais competentes neste setor pode trazer retornos muito importantes.

8. Investir na formação e na oferta de desporto amador à população

Ao investir na formação, ou então ao promover desportos e competições amadoras, o clube está a envolver as famílias, de forma direta, na vida do clube. A formação e o desporto amador são, portanto, formas de incrementar a imagem do clube na comunidade ao prestar um serviço público útil para todas as partes.

A sua votação: 
0
Sem votos